Eu era criança e a encenação era da paixão e morte de Cristo na igreja que tinha perto da casa da minha tia, onde eu estava por causa do feriado.

Tudo ia bem, Jesus já estava condenado, já havia cumprido a pena e já estava morto quando o soldado foi furar seu corpo com a lança, na cena clássica. Nesse momento, tudo mudou. Alguém saiu da platéia e deu um soco no rosto do ator que fazia o papel de soldado.

Confusão desfeita, a peça continuou e eu nunca mais tive notícia sobre aquela noite. De tempos em tempos, por muitas vezes fui assaltado pela dúvida sobre o que levou aquele espectador a um ato tão inusitado.

Entre muitas conjecturas, ainda acho que foi uma espécie de reação demorada diante de um ato de injustiça, mas já era tarde demais.

PALESTRAS

Contrate o Vitor Quintan para o seu evento. Entre em contato com a gente.

CONTATOS

(21) 3856-3131
(21) 9 8709-8695

BAIXE O APP DO VQ

REDES SOCIAIS